Acessar o conteúdo principal
Guiné Bissau

PAIGC na Guiné Bissau com problemas de liderança de grupo parlamentar

Parlamento da Guiné Bissau.
Parlamento da Guiné Bissau. AFP PHOTO/ ISSOUF SANOGO
Texto por: João Matos
2 min

O histórico partido PAIGC, na Guiné Bissau, está cada vez mais dividido, ao nível do seu grupo parlamentar que se apresenta actualmente com dois líderes reclamando para si a legitimidade e a legalidade.

Publicidade

Há muito tempo que nada vai bem no partido de Amílcar Cabral, que recorrentemente é assaltado por guerras intestinas e luta pelo poder, quer na liderança partidária, quer no governo, na presidência ou no Parlamento.

 

O último incidente, dá-se no Parlamento, onde o grupo parlamentar do PAIGC, tem actualmente dois líderes nas pessoas de Octávio Lopes, acabado de ser eleito, por uma maioria  dos deputados, e de Rui Diã de Sousa, afastado por alegados maus procedimentos, mas que afirma manter-se em funções, porque só a direcção do partido tem competência para o substituir.

 

Aliás, a direcção do PAIGC, já reagiu, rejeitando a eleição de Octávio Lopes, com um dos seus vice-presidentes, coronel Saturnino Costa, a dizer que compete ao comité central do partido, propor o nome do líder parlamentar.

 

Por seu lado, Octávio Lopes, jovem jurista formado em Portugal, replicou dizendo que só os deputados têm prerrogativas para eleger o seu líder e nunca a direcção do partido.

 

De Bissau, o nosso correspondente Mussá Baldé.

 

Mussá Baldé, correspondente em Bissau

 

Entretanto, na perspectiva das eleições gerais de 16 de março, os guineenses da diáspora, em Portugal, vêm protestanto contra a maneira como é feito o recenseamento, denunciando condicionalismos que poderão impedir milhares de pessoas de votar.

 

Oiçamos o alerta de Fernando Ká, presidente da Associação guineense de Solidariedade social, em Lisboa, numa entrevista de Adriano Salgueiro.

 

Fernando Ká, dirigente associativo guineense

 

De notar, que também aqui em França,  a Diáspora guineense está a ter problemas financeiros que podem pôr em perigo o recenseamento, no âmbito das próximas eleições na Guiné Bissau.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.