Acessar o conteúdo principal
Guiné-Bissau

Principal partido da Guiné-Bissau prepara-se para apresentar o seu candidato às presidenciais

Domingos Simões Pereira, antigo secretário executivo da CPLP e novo líder do PAIGC
Domingos Simões Pereira, antigo secretário executivo da CPLP e novo líder do PAIGC Liliana Henriques
Texto por: RFI
2 min

Começou esta quarta-feira a reunião do Bureau político do PAIGC, principal força política da Guiné-Bissau, no intuito de reflectir sobre que candidatura vai apoiar para as presidenciais, a etapa seguinte sendo um voto neste sentido por parte do comité central do partido.

Publicidade

Ao evocar precisamente esta perspectiva, o novo presidente do PAIGC, Domingos Simões Pereira, antigo secretário executivo da CPLP, afirmou ontem que estava excluído um eventual apoio à candidatura de Carlos Gomes Júnior, primeiro-ministro deposto durante o golpe de 2012, que ainda recentemente escreveu uma carta à ONU para reclamar condições de segurança para poder candidatar-se.

Domingos Simões Pereira, novo líder do PAIGC

À medida que se vai avançando para os preparativos das presidenciais cuja nova data ainda fica por determinar, vão surgindo recomendações sobre a condução do país no período pós-eleitoral. Esta quarta-feira, no quadro de um seminário "Plataforma Guiné-Mindjor", promovido por um grupo de jovens, um dos oradores, José Ramos-Horta, representante da ONU na Guiné-Bissau, disse ter esperança nas novas lideranças que se perfilam no país, mas alertou que os próximos responsáveis devem ser cooperantes e não antagónicos. Mais pormenores com o nosso correspondente, Mussa Baldé.

Mussa Baldé, correspondente da RFI em Bissau

Refira-se que estas reflexões acontecem no momento em que acaba de ser divulgada ontem uma nota em que o FMI, Fundo Monetário Internacional revela que a Guiné-Bissau continua a ser "severamente afectada" pelas consequências do golpe de Estado de Abril de 2012. De acordo com o documento, a economia guineense não recuperou da contracção registada em 2012, o país tendo perdido receitas fiscais, ajudas externas e os benefícios da castanha de caju cujo preço diminuiu.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.