Acessar o conteúdo principal
MOÇAMBIQUE

Combates voltaram a Moçambique

Tropas da Renamo
Tropas da Renamo AFP FOTO / JINTY JACKSON
Texto por: RFI
3 min

A suspensão na segunda-feira pela Renamo do cessar-fogo decretado há um mês em Moçambique veio-se acompanhar da retoma dos combates no centro do país provocando feridos e vítimas mortais.

Publicidade

Há versões discordantes do número de feridos e de vítimas dos confrontos perpetrados entre alegados homens armados da Renamo e tropas governamentais.

Incidentes que tiveram, nomeadamente, palco em Muxungué, em Sofala, no centro do país.

Orfeu Lisboa, correspondente em Maputo, tem mais informação.

Correspondência de Moçambique

A Renamo, maior força da oposição, condicionou à chegada de uma mediação internacional e ao fim dos combates em curso a retoma do cessar-fogo que decretara no início de Maio.

A suspensão deste cessar-fogo unilateral suscita apreensão na classe política e na sociedade civil moçambicana com os olhos virados já para as eleições presidenciais agendadas para 15 de Outubro.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.