Acessar o conteúdo principal
COSTA DO MARFIM

TPI vai julgar ex-presidente da Costa do Marfim

O ex-presidente da Costa do Marfim, Laurent Gbagbo, a 19 de fevereiro de 2013 em Haia.
O ex-presidente da Costa do Marfim, Laurent Gbagbo, a 19 de fevereiro de 2013 em Haia. Reuters / Kooren
Texto por: Carina Branco
5 min

O Tribunal Penal Internacional vai julgar o antigo Presidente da Costa do Marfim, Laurent Gbagbo, por quatro alegados crimes contra a humanidade. As acusações incluem homicídios, violações e perseguições políticas cometidas durante o período pós-eleitoral de 2010-2011.

Publicidade

Laurent Gbagbo é o primeiro ex-chefe de estado a ser julgado pelo TPI. O ex-presidente da Costa do Marfim é acusado de ter promovido uma campanha de violência após as eleições presidenciais de Novembro de 2010, que provocou a morte a mais de três mil pessoas.

Oiça aqui a crónica com as reacções das partes à decisão da justiça.

Costa do Marfim

Jean-Marie Fardeau, director da delegação da ONG Human Rights Watch em Paris, em entrevista a Leonardo Silva, congratula-se com a decisão da instância com sede em Haia, na Holanda.

Jean-Marie Fardeau, director da Human Rights Watch em Paris

Em 2011, após uma eleição inicialmente ganha pelo rival Alassane Ouattara, Gbagbo pediu uma recontagem dos votos, conseguindo virar o resultado a seu favor e provocando uma onda de violência no país.

Laurent Gbagbo diz que foi retirado do poder devido a uma conspiração liderada pela França e nega as acusações.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.