Angola

Início do "caso BNA" em Angola

27 arguidos são acusados do desvio de mais de 159 milhões de dólares
27 arguidos são acusados do desvio de mais de 159 milhões de dólares DR

Começaram a ser ouvidos, esta quinta-feira, no Tribunal Provincial de Luanda, os arguidos acusados no processo criminal conhecido como “caso BNA". 27 arguidos são acusados do desvio de mais de 159 milhões de dólares da Conta Única do Tesouro.

Publicidade

Na acusação, o Ministério Público disse que ficou provado durante a fase de instrução e investigação que os arguidos transferiram para o estrangeiro, num processo fraudulento, mais de 159 milhões de dólares, através de 11 pagamentos a empresas sediadas em Portugal, China, Dubai, Suíça, Áustria e Espanha, alegadamente por fornecimento de bens e serviços ao Estado angolano.

Dos 27 arguidos, sete encontram-se ausentes do país, são acusados de transferências ilícitas para contas bancárias no exterior do país. Do montante desviado foram recuperados mais de 98 milhões de dólares. 61 milhões de dólares continuam em paradeiro incerto. Durante o processo de instrução foram apreendidas 18 residências e 39 viaturas de topo de gama.

Avelino Miguel, correspondente em Luanda

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe todas as notícias internacionais baixando o aplicativo da RFI