GUINÉ-BISSAU

Revolta no seio do PRS na Guiné-Bissau

Assembleia Nacional Popular da Guiné-Bissau.
Assembleia Nacional Popular da Guiné-Bissau. Liliana Henriques / RFI

O PRS, Partido da Renovação Social, reúne-se hoje e amanhã em conselho nacional. Em causa as divergências internas do segundo partido guineense mais representado no Parlamento.

Publicidade

Uma ala do PRS está a contestar fortemente a direcção do partido, nomeadamente do presidente Alberto Nambeia, acusado de abandonar as suas responsabilidades ao aceitar o cargo de segundo vice-presidente do Parlamento.

O grupo aponta também o dedo ao secretário-geral do partido, Florentino Pereira, por este ter aceitado o cargo de ministro da Energia num governo do PAIGC.

Na reunião do Conselho Nacional do partido, que decorre entre hoje e amanhã, os contestatários admitem impugnar a direcção de Alberto Nambeia.

Fernando Correia Landim, dirigente e antigo ministro do Interior, é a voz da revolta contra a direcção do PRS. Oiça aqui o som recolhido pelo nosso correspondente Mussá Baldé.

Fernando Correia Landim, PRS

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe todas as notícias internacionais baixando o aplicativo da RFI