Angola

Deputados do MPLA recordam memória do nacionalista Van-dúnem "Mbinda"

Reunidos no quadro das V Jornadas parlamentares na província do Namibe, deputados angolanos do MPLA, inclinaram-se perante a memória do nacionalista angolano, Afonso Van-Dúnem, morto esta sexta- feira.

Publicidade

"A estratégia de desenvolvimento dos recursos humanos em Angola", foi o tema das V Jornadas parlamentares do MPLA, que decorreram, sexta-feira e sábado, 14 e 15 de novembro, na província do Namibe, com os deputados angolanos, do partido no poder, a analisar grandes assuntos ligados ao desenvolvimento social e económico, designadamente, da saúde, educação e formação.

 

O evento, foi coordenado pelo líder do grupo parlamentar do MPLA, na Assembleia Nacional, Virgílio de Fontes Pereira, que sublinhou que o seu partido "entende que o desenvolvimento de Angola, deve assentar na preparação e formação dos angolanos em domínios estratégicos, com vista a um maior e melhor desempenho das administrações pública central e local, das organizações da sociedade civil e dos próprios deputados."

 

Durante os trabalhos destas V Jornadas parlamentares, os deputados angolanos, ficaram a saber, do falecimento do nacionalista angolano, Afonso Domingos Pedro Van-Dúnem, "Mbinda", antigo Ministro dos Negócios Estrangeiros, membro do Bureau Político do Comité Central do MPLA e ex-secretário do primeiro  Presidente de Angola, Agostinho Neto.

 

"Mbinda", que morreu em Luanda, vítima de doença, foi recordado pelos deputados do MPLA, reunidos, na província do Namibe, como tendo sido "um bom camarada de elevado patriotismo", segundo declarou à RFI, o deputado e Governador do Namibe, Rui Falcão Pinto de Andrade.

 

Rui Falcão Pinto de Andrade, deputado do MPLA e Governador do Namibe

Da biografia traçada pela Agência angolana de Notícias, ANGOP, o nacionalista angolano, Afonso Van-Dúnem M'Binda nasceu em Luanda, em 7 de Setembro de 1941. Começou a carreira política em 1970 e serviu, até 1972, como representante do MPLA na Zâmbia e como Coordenador de Relações Exteriores do MPLA na República Unida da Tanzânia.

Em 1976, foi secretário do MPLA, membro do Comité Central e Governador da Província de Luanda.

Em 1977 foi eleito membro do Comité Central no Primeiro Congresso do MPLA. No ano seguinte, foi nomeado secretário de Informação do MPLA.

Foi igualmente Representante Permanente de Angola junto das Nações Unidas.

Em 1979, foi Secretário do Comité Central do MPLA para as Relações Externas.

Afonso Van-Dúnem Mbinda foi eleito deputado da Assembleia do Povo, em 1980 e membro do Bureau Político do Comité Central do MPLA, em 1985.

De 1985 a 1989, Afonso Domingos Van-Dúnem ‘M’Binda’ foi o terceiro, depois de José Eduardo dos Santos e Paulo Teixeira Jorge, ministro das Relações Exteriores de Angola.

Em 03 de Setembro de 2010, foi eleito Secretário do Bureau Político do MPLA para as Relações Exteriores.

Afonso Domingos Pedro Van-Dúnem “Mbinda”, casado e pai de cinco filhos, era, até a data da sua morte, presidente da Fundação Sagrada Esperança.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.