Acessar o conteúdo principal
MOÇAMBIQUE

Presidente moçambicano em visita oficial a Itália

Armando Guebuza, Presidente moçambicano, encontrou-se com o Papa Francisco no Vaticano.
Armando Guebuza, Presidente moçambicano, encontrou-se com o Papa Francisco no Vaticano. REUTERS/Maurizio Brambatti/Pool
Texto por: RFI
8 min

O Presidente da República de Moçambique, Armando Guebuza, continua a sua viagem oficial a Itália. Esta quinta-feira foi recebido pelo Papa Francisco, no Vaticano, e encontrou-se depois com o cardeal Pietro Parolin, Secretário da Santa Sé.

Publicidade

Armando Guebuza, Presidente moçambicano, que está em visita oficial a Itália, esteve esta quinta-feira no Vaticano mas deslocou-se ainda à sede do Fundo das Nações Unidas para a agricultura, FAO, para uma reunião com o director da organização, Graziano da Silva.

Na sexta-feira viaja até ao Município de Régio Emília, onde se encontram os antigos actvistas e amigos de Moçambique que tiveram um appel crucial na luta de libertação nacional.

Em entrevista à RFI, Dom Matteo Zuppi, Bispo Auxiliar de Roma e um dos grandes mentores do acordo de paz de Moçambique em 1992, realçou a importância desta visita e falou das relações entre a Santa Sé e Moçambique.

Entrevista de Dom Matteo Zuppi sobre as relações entre a Santa Sé e Moçambique

Dom Matteo Zuppi, também abordou, em entrevista ao jornalista Miguel Martins, a contestação das eleições em Moçambique e alegou que o estatuto de líder da oposição, aprovado ontem na Assembleia da República Moçambicana, pode ser um passo positivo para o fortalecimento da democracia.

Entrevista de Dom Matteo Zuppi sobre a contestação das eleições em Moçambique

Sobre o estatuto de líder da oposição, Afonso Dhlakama disse ontem em Nampula que este estatuto peca por ser tardio. Recorde-se que o Presidente da Renamo, principal partido da oposição, continua o seu périplo pelo centro e norte do país, onde segundo a contagem paralela da Renamo, o partido teria ganho nas presidenciais.

Em Itália, o Presidente Armando Guebuza reagiu, referindo que um Governo de gestão, exigido pela Renamo, seria uma anarquia e ao mesmo tempo se estaria a ignorar os resultados das eleições de 15 de Outubro.

Entrevista de Armando Guebuza, Presidente da República de Moçambique

De referir por último que na agenda desta visita oficial a Itália, está o reforço das questões diplomáticas, comerciais e empresariais. Neste momento a Itália é o nono maior investidor externo em Moçambqiue com cerca de 26 milhões de dólares norte americanos, sem contar com o investimento da ENI, a multinacional italiana, envolvida na prospecção do gás natural na Bacia do Rovuma, na província norte de Cabo Delgado.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.