UNIÃO EUROPEIA/UNIÃO AFRICANA

África e Europa prometem cooperar para melhor gerir migrantes

Nkosazana Dlamini Zuma e Jean Claude Juncker, respectivamente, Presidentes das Comissões da União Africana e da União Europeia, respectivamente.
Nkosazana Dlamini Zuma e Jean Claude Juncker, respectivamente, Presidentes das Comissões da União Africana e da União Europeia, respectivamente. Comissão europeia

Os presidentes das comissões da União Europeia e da União Africana reuniram-se hoje em Bruxelas. Em cima da mesa esteve, obviamente, o dossier dos migrantes e o número record de mortos em naufrágios de migrantes em busca de atingir a Europa nos últimos dias. 

Publicidade

A Comissão Europeia e a União Africana prometem aumentar a cooperação na gestão do fenómeno da imigração.

A Presidente da Comissão da União Africana sublinha as três vertentes do problema que merecem atenção: gerir a imigração ilegal; combater o tráfico de seres humanos; contribuir para o desenvolvimento dos países de origem por forma a dar uma perspectiva de vida às pessoas. É preciso ir passo a passo. Este fenómeno não se resolve de um dia para o outro, diz Nkosazana Dlamini Zuma.

"Não há uma solução imediata. Vamos ver e avançar passo a passo. Não se pode dizer que se resolva amanhã".

A líder africana considera que Europa e África, sozinhas, não podem resolver o problema. Por isso, é necessário reforçar a cooperação entre ambos os continentes.

Por seu turno, o Presidente da Comissão Europeia, Jean Claude Juncker, sublinha a necessidade absoluta de salvar vidas. E, depois, pensar em formas de ajudar as pessoas nos seus países.

"A prioridade imediata é salvar vidas. Depois, para além do imediato, trata-se de reforçar os meios para ajudar nos seus países os que desejam partir para a Europa".

A cimeira europeia que decorre amanhã em Bruxelas deverá permitir dar as primeiras respostas após as tragédias dos úlitmos dias no Mediterrâneo.

Confira a crónica de Vasco Gandra, correspondente em Bruxelas, que acompanhou o encontro.

Correspondência de Bruxelas

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.