ÁFRICA/UNIÃO EUROPEIA

Grupo G4 determinado na luta contra exploração de imigrantes ilegais

Os dramas no Mar Mediterrâneo têm provocado centenas de mortos nos últimos dias de candidatos à imigração ilegal rumo à Europa.
Os dramas no Mar Mediterrâneo têm provocado centenas de mortos nos últimos dias de candidatos à imigração ilegal rumo à Europa. Reuters

Os ministros da administração interna de Marrocos, Portugal, Espanha e França, o chamado grupo G4, reuniram-se hoje em Lisboa visando o combate aos dramas da imigração clandestina no Mar Mediterrâneo. Cerca de 1 500 pessoas morreram na semana passada, muitas delas oriundas da África sub-sahariana. Uma equipa policial conjunta do G4 ficará destacada no sul de Espanha.

Publicidade

Portugal, França, Espanha e Marrocos defendem “acções firmes” na prevenção e no combate às redes de imigração ilegal e tráfico de pessoas, e decidiram criar uma equipa de cooperação policial conjunta na cidade portuária de Algeciras, no sul de Espanha.  

Uma semana depois de dois grandes naufrágios no Mar Mediterrâneo, nos quais terão morrido cerca de 1.500 pessoas que, vindas da Líbia, tentavam chegar à Europa, o denominado grupo G4 reuniu-se em Lisboa.

A ministra da Administração Interna portuguesa, Anabela Rodrigues, apresentou as conclusões do encontro.  

"Serão necessárias acções firmes em domínios fundamentais e desde logo na prevenção e no combate às redes de exploração da imigração ilegal, e também à criminalidade organizada. Reafirmámos a importância desta cooperação para evitar tragédias como as que assistimos muito recentemente no Mar Mediterrâneo."

 Ao lado da governante portuguesa estavam os ministros do Interior espanhol, marroquino e francês.

Bernard Cazeneuve sublinhou a importância de trabalhar com os países de origem dos imigrantes, para ali se desmantelarem as redes de tráfico.  

No ano passado quase 3.300 pessoas perderam a vida na travessia do Mediterrâneo.Já este ano, e até aos grandes naufrágios da semana passada, os números oficiais apontavam para 1.600 mortos em quatro meses.  

Acompanhe a crónica de João Pedro Vitória em Lisboa.

Correspondência de Lisboa

 Também se falou de prevenção e combate ao extremismo islâmico neste fórum de Lisboa.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.