MOÇAMBIQUE

Sociedade civil moçambicana denuncia travões à sua acção

Maputo
Maputo Cristiana Soares/RFI

Um relatório hoje divulgado em Moçambique conclui que o país apresenta ambiente desfavorável para a actuação das organizações da sociedade civil. 

Publicidade

O ambiente político e legal moçambicano é desfavorável à actuação das organizações da sociedade civil refere Paula Monjane, directora executiva do Centro de aprendizagem e capacitação da sociedade Civil.

E são constatações contidas num relatório apresentado na capital moçambicana. Simão Tila coordenador da Liga de ONGs em Moçambique aponta mesmo alguns exemplos, caso da Lambda, organização de defesa de minorias sexuais, que aguarda há anos pela sua legalização.

A JOINT, Liga das Organizações da Sociedade Civil, cujo relatório conclui haver espaço para uma relação mais profícua entre estas organizações e o governo moçambicano definem em conferência de um dia, uma estratégia de advocacia que visa a criação de um ambiente propício para desenvolverem as suas actividades.

Confira aqui a reportagem de Orfeu Lisboa em Maputo.

Correspondência de Moçambique

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.