São Tomé e Príncipe

40° aniversário da independência de São Tomé e Príncipe

Máximino Carlos/RFI

Dia de comemorações em São Tomé e Príncipe, que assinala os 40 anos de independência. As celebrações oficiais decorreram sob o lema consenso político e coesão social.

Publicidade

O chefe de Estado, Manuel Pinto da Costa, presidiu às celebrações oficiais na Praça da Independência, no centro da capital, sob o lema consenso político e coesão social.

As celebrações contaram com a presença de Jorge Carlos Fonseca,

Manuel Pinto da Costa, presidente de São Tomé e Príncipe

presidente de Cabo Verde, Burnito de Sousa, ministro da administração do território de Angola, Omar Ghoul, ministro argelino do ordenamento do território, do turismo e do artesanato, do Gabão o primeiro-ministro Oma Ondo e a Guiné Equatorial fez-se representar por um dos vice-presidentes, Teodoro Nguema Obiang, filho do chefe de Estado.

Taiwan marcou presença pelo seu vice-ministro dos negócios estrangeiros e Marrocos, Estados Unidos, Correia do Sul e Alemanha estão representados através de embaixadores. Portugal faz-se representar pelo secretário de Estado da Cooperação.

 

Máximino Carlos, o nosso correspondente em São Tomé acompanhou as cerimónias. Ouça aqui.

Máximino Carlos, correspondente em São Tomé

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.