Presidente do Haiti Jovenel Moise é assassinado a tiros em sua casa

O presidente do Haiti, Jovenel Moïse, em 12 de janeiro de 2020 em Porto Príncipe.
O presidente do Haiti, Jovenel Moïse, em 12 de janeiro de 2020 em Porto Príncipe. © CHANDAN KHANNA AFP/Arquivo

O presidente do Haiti, Jovenel Moise, foi assassinado na madrugada desta quarta-feira (7), em sua casa. O crime foi cometido por um grupo armado integrado por pessoas estrangeiras, anunciou o primeiro-ministro haitiano em final de mandato, Claude Joseph.

Publicidade

A mulher do presidente ficou ferida no ataque e foi hospitalizada, detalhou Joseph. O premiê pediu calma à população. Ele garantiu que a polícia e o Exército estão mobilizados para manter a ordem e a segurança no país. 

“O presidente foi morto em sua casa por estrangeiros que falavam inglês e espanhol. Eles atacaram a residência do presidente da República", declarou Claude Joseph. Segundo ele, “a situação está sob controle". 

Jovenel Moïse tinha 53 anos. Ele era empresário antes de ser eleito presidente do Haiti em 2016. Moïse assumiu o cargo em fevereiro de 2017 e sua presidência foi marcada por uma crescente crise política, econômica e social.

Crise  e novas eleições

O Haiti, uma das ilhas do Caribe, é uma das nações mais pobres do continente americano. A instabilidade é acentuada por uma insegurança crônica, com sequestros frequentes em troca de resgate realizados por gangues que atuam quase na impunidade. O presidente Jovenel Moïse era criticado pela falta de reação  à crise e contestado por uma boa parte da sociedade civil haitiana.

Diante da situação grave e de temores de que uma anarquia generalizada tomasse conta do Haiti, o Conselho de Segurança da ONU, os Estados Unidos e a Europa pediram a realização de eleições legislativas e presidenciais livres até o final de 2021.

Jovenel Moïse havia anunciado na segunda-feira (5) a nomeação de um novo primeiro-ministro. Ariel Henry irá assumir o cargo no lugar de Claude Joseph, com a missão de organizar as eleições.

(Com informações da RFI e AFP)

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe todas as notícias internacionais baixando o aplicativo da RFI