Tiroteio nos EUA: três pessoas foram baleadas durante jogo de beisebol em Washington

Pessoas saem do Nationals Park Stadium após um tiroteio do lado de fora, em Washington, DC, EUA, 17 de julho de 2021.
Pessoas saem do Nationals Park Stadium após um tiroteio do lado de fora, em Washington, DC, EUA, 17 de julho de 2021. via REUTERS - JULIE DANIEL

Três pessoas foram atingidas por tiros no sábado (17) fora de um estádio lotado com milhares de espectadores na capital dos Estados Unidos, fazendo com que o jogo parasse abruptamente e os espectadores deixassem o local. A polícia de Washington informou inicialmente que eram quatro pessoas foram atingidas, mas que "não havia nenhuma ameaça", sem dar detalhes sobre o estado das vítimas. Depois o número foi corrigido para três. 

Publicidade

Em vídeos do jogos publicados nas redes sociais, vários tiros de armas automáticas podiam ser ouvidos claramente. As luzes de vários carros da polícia piscaram na rua e sirenes soaram enquanto a multidão que assistia ao jogo Washington Nationals-San Diego Padres era convidada a deixar o estádio.

A polícia disse no Twitter que os policiais "responderam a um tiroteio ... no qual duas pessoas foram baleadas do lado de fora do Nationals Park", no bairro de Navy Yard, no sul de Washington, DC. "Está sendo investigado e não parece haver nenhuma ameaça no momento", acrescentou a polícia.

O Washington Post disse, citando a polícia, que um homem foi baleado na perna e uma mulher nas costas, e que suas vidas não corriam perigo. 

O estado de saúde do outro ferido não foi revelado imediatamente.Um cruzamento próximo ao Portão da Terceira Base, onde ocorreu o tiroteio, foi fechado pela polícia.

Minutos após o incidente, o relato oficial do Washington Nationals tuitou que "um tiroteio foi relatado fora do Portão da Terceira Base no Nationals Park" e incentivou os torcedores a deixarem o estádio.

Os jogadores haviam saído do campo quando os disparos foram ouvidas e o jogo foi interrompido no sexto tempo, com uma vitória parcial dos Padres por 8-4. A partida deve recomeçar neste domingo.

Mais de 100 pessoas foram assassinadas em Washington este ano, muitas delas por armas de fogo. No mesmo sábado (17), a polícia ofereceu uma recompensa de US$ 60.000 para identificar a pessoa que atirou e matou uma menina de seis anos enquanto ela brincava com uma scooter no sudeste da capital americana.

Os Estados Unidos têm um histórico doloroso de violência armada perpetrada em escolas, escritórios, supermercados e shoppings.

(Com informações da AFP)

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.