Jeff Bezos, da Amazon, parte ao espaço em uma viagem repleta de pioneirismos

Bezos, o homem mais rico do mundo, deixará o planeta por alguns minutos nesta terça-feira, 20 de julho de 2021.
Bezos, o homem mais rico do mundo, deixará o planeta por alguns minutos nesta terça-feira, 20 de julho de 2021. REUTERS - Reuters Photographer

O jornal econômico francês Les Echos desta terça-feira (20) destaca a viagem espacial do multibilionário americano e fundador da Amazon, Jeff Bezos. Em 20 de julho de 1969, Neil Armstrong e Buzz Aldrin caminharam na lua. Cinquenta e dois anos depois, Jeff Bezos está prestes a ingressar no pequeno clube de astronautas, dois anos depois de sua programação original. 

Publicidade

Nesta terça-feira, o bilionário americano, fundador da Amazon, deve cruzar a bordo de seu foguete New Shepard a linha Karman a 100 quilômetros da Terra - a fronteira teórica entre a Terra e o espaço.

Em sua jornada, ele leva seu irmão, uma lenda da aeronáutica americana, a pilota americana Wally Funk, de 82 anos e um jovem holandês de 18 anos que recebeu um presente de US $ 28 milhões de seu pai rico. Eles serão os primeiros passageiros do voo comercial de um foguete.

Les Echos destaca que Jeff Bezos escolheu levar consigo esta mulher a quem sempre foi negado o acesso à Nasa e foi, entre outras coisas, a primeira mulher inspetora de voo da Administração Federal de Aviação. Um desejo, para o fundador da Blue Origin, de quebrar os códigos. Ela foi uma das pioneiras na corrida espacial, nos anos sessenta, e será a pessoa mais velha já enviada ao espaço. Assim como o jovem holandês, de 18 anos, será o mais novo.

A missão acontecerá dias depois que o fundador da Virgin Galactic, Richard Branson, cruzou a fronteira final do planeta, superando por pouco o magnata da Amazon no duelo espacial entre os dois bilionários. Branson não voou em um foguete, mas em um avião espacial.

Bezos tem ambições mais altas

No entanto, o objetivo da Blue Origin é mais alto: literalmente, em termos de quão alto o seu foguete New Shepard irá subir, em comparação com o avião espacial da Virgin, mas também em suas ambições futuras.

Bezos fundou a Blue Origin em 2000, com o objetivo de um dia construir colônias flutuantes no espaço a partir de gravidade artificial, onde milhões de pessoas viveriam e trabalhariam.

Sua jornada a mais de 100 km do solo terrestre acontecerá apenas duas semanas após deixar o cargo de CEO da Amazon, grupo do qual ele detém cerca de 10% das ações.

O Les Echos destaca que o pequeno lançador New Shepard voou 15 vezes com sucesso, incluindo duas vezes em configuração tripulada, e que o objetivo da Blue Origin é fazer com que qualquer pessoa voe no espaço com o menor custo, mas acima de tudo em condições de segurança irrepreensíveis. Isso é importante, pois nenhuma seguradora assume esse tipo de risco, cada passageiro assinando seu próprio termo de responsabilidade.

Lançamento no Texas

O lançamento está agendado para as 10h horário de Brasília, no espaçoporto de Van Horn, no Deserto Ocidental do Texas. Três minutos após a decolagem, a cápsula se separará do foguete, atingindo seu pico cinco minutos depois. O evento será transmitido ao vivo no site BlueOrigin.com.

Por alguns minutos, os passageiros poderão soltar os cintos de segurança para sentir a ausência de peso enquanto olham para a Terra através de grandes janelas panorâmicas, antes que a cápsula caia suavemente sob três paraquedas em uma descida de cerca de 10 minutos. Por sua vez, o foguete, fornecido para sua propulsão por um motor, retornará à sua área de pouso ao norte do local de lançamento, enquanto aguarda seu reaproveitamento.

Dois outros voos serão organizados ainda em 2021, antes de um ritmo mais "agitado" em 2022. Até o final, a Blue Origin segue cautelosa. Não entrega previsão de frequência de seus voos, ao contrário da Virgin Galactic, que prevê até 400 voos por ano.

Por outro lado, Bob Smith, que dirige a Blue Origin, insistiu: New Shepard é a primeira espaçonave inteiramente privada de propriedade de uma empresa privada que atende a clientes privados. Uma primeira aventura espacial sem a ajuda da Nasa.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.