Chile/mineiros

Operação para salvar mineiros é iminente

No Chile tudo está pronto para o resgate dos 33 mineiros bloqueados em San José.
No Chile tudo está pronto para o resgate dos 33 mineiros bloqueados em San José. Reuters

Uma cápsula de 54 centímetros de diâmetro vai içar os trabalhadores até a superfície. O resgate de cada um deles deve demorar cerca de uma hora. Os mineiros demonstram apreensão e passaram por uma preparação física para enfrentar o stress.

Publicidade

O mundo faz contagem regressiva no Chile para o resgate dos 33 mineiros bloqueados há mais de dois meses na mina de San José. Mil jornalistas do mundo todo estão acampados ao redor da mina para registrar o grande momento.  Boa parte dos trabalhadores demonstra medo e apreensão com a operação de resgate. Eles estão felizes, mas nervosos, disse a irmã de um deles, Dario Segovia, de 48 anos. Os trabalhadores fizeram uma preparação física e psicológica para enfrentar o stress, mas ninguém quer ser o primeiro a entrar na cápsula metálica de apenas 53 centímetros de diâmetro que levará individualmente os 33 homens à superfície. O resgaste de cada um deles deve demorar cerca de uma hora.

O ministro da Saúde do Chile, Jaime Mañalich, ficou surpreso com a reação dos mineiros ao anunciar que as autoridades deveriam fixar uma ordem para o resgate baseada em questões técnicas e de acordo com o grupo. Muitos querem ser o último, disse o ministro. Primeiro deverão sair os mais hábeis, que possam reagir melhor a algum tipo de problema. Em seguida os mais frágeis, e, por último, os mais fortes, capazes de resistir por mais tempo no local.

Durante todo trajeto de subida, de cerca de 1 hora para cada um, os mineiros serão observados por equipes médicas e, em qualquer emergência, serão levados de volta ao fundo da mina, há 700 metros de profundidade. Diante da complexidade da operação, o ministro chileno Manalich evita criar expectativas. "Nós não sabemos o momento exato do resgate. A partir desta segunda-feira, às 8 horas da noite, tudo deve estar preparado, como foi pedido. Mas acho pouco provável que hoje à noite já tenhamos um mineiro na superfície. Se tudo ocorrer bem, pode acontecer na terça-feira à noite." Já o ministro das Minas, Laurence Golborne disse que a operação só deverá começar na quarta-feira e terminar no máximo, em dois dias.

Patrícia Campos Mello do jornal O Estado de São Paulo em especial para RFI

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.