Venezuela/Chávez

Desmentidos do governo não contêm boatos sobre piora de Chávez

O presidente venezuelano, Hugo Chávez, está internado em um hospital de Havana, desde o dia 10 de junho.
O presidente venezuelano, Hugo Chávez, está internado em um hospital de Havana, desde o dia 10 de junho. Reuters

O governo venezuelano desmentiu rapidamente a informação do jornal de Miami em espanhol El Nuevo Herald de que o estado de saúde de Hugo Chávez, internado em Cuba, “era crítico”. Mas o segredo que envolve a doença do presidente venezuelano, operado de emergência no último dia 10 de junho, e a ausência prolongada de Chávez não conseguem conter os boatos sobre seu estado de saúde.

Publicidade

Citando fontes do serviço secreto americano, o jornal El Nuevo Herald afirmou no sábado, que o estado de saúde de Chávez “é crítico, complicado, mas estável.” Segundo o jornal, o presidente teria câncer na próstata. A reação do vice-presidente venezuelano, Elías Jaua, foi imediata. Ele acusou a “direita nacional e internacional de estar louca, ao falar inclusive da morte de Chávez” e garantiu que o presidente da Venezuela viverá ainda muitos anos.

Um outro representante do governo venezuelano, o secretário de Estado para a Europa, Temir Porras, postou no Twitter uma mensagem informando que “o presidente Chávez se recupera bem da operação”. Porras pede “aos inimigos para pararem de sonhar”. O ministro da informação da Venezuela, Andrés Izarra, também pediu à população para não acreditar nos boatos, afirmando que Chávez está bem.

Já o chanceler venezuelano, Nicolas Maduro, foi o único a demonstrar uma certa preocupação. Ele declarou no sábado à noite que o presidente “trava uma batalha por sua saúde”.

Cirurgia

Nenhum comunicado médico ou oficial, em Cuba ou na Venezuela, foi divulgado até agora sobre o estado de saúde do presidente venezuelano. Hugo Chávez, que encerrava por Havana um giro latino-americano, foi operado de emergência no dia 10 de junho, por causa de um abscesso na região pélvica. Desde então, o líder venezuelano não aparece em público, e ninguém sabe quando ele voltará à Venezuela.

Depois de 12 dias sem dar notícias, Chávez escreveu na última sexta-feira uma mensagem no Twitter aos venezuelanos e no sábado, voltou a usar o microblog para informar que tinha recebido a visita no hospital, em Cuba, da filha mais nova e de três netos.

Na internet, os boatos sobre a saúde do presidente venezuelano, de 56 anos, são inúmeros. Algumas informações dizem que Chávez está em fase terminal, outras que ele fez uma plástica. Há até a tese da manipulação política, com afirmações de que esta doença é uma armação visando reforçar a imagem de Chávez, antes das presidenciais de 2012.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.