Acessar o conteúdo principal
EUA/Imigração

Obama suspende deportação de 800 mil jovens clandestinos

Barack Obama durante anúncio de novas medidas sobre a imigração nessa sexta-feira.
Barack Obama durante anúncio de novas medidas sobre a imigração nessa sexta-feira. REUTERS/Yuri Gripas
Texto por: RFI
2 min

O governo norte-americano anunciou nessa sexta-feira a suspensão da deportação de cerca de 800 mil imigrantes clandestinos de menos de 30 anos de idade. A medida, que permitirá aos jovens trabalhar legalmente no país, também pode atrair votos para Barack Obama, em plena disputa por sua reeleição.

Publicidade

A cinco meses das eleições presidenciais nos Estados Unidos, o chefe da Casa Branca anunciou uma das medidas mais reivindicadas pela comunidade hispânica do país : a regularização da situação dos jovens clandestinos. Segundo a nova regra, cerca de 800 mil imigrantes com menos de 30 anos de idade vão ser autorizados a permanecer e trabalhar legalmente no território norte-americano.

De acordo com Janet Napolitano, responsável pela segurança interna dos Estados Unidos, as novas medidas vão beneficiar apenas os imigrantes que chegaram ao país ainda criança. Estima-se que os clandestinos que entraram no território norte-americano antes da adolescência representam entre 1 e 2 milhões de pessoas.

A medida poderá atrair os votos dos eleitores latinos para Barack Obama, que tenta se reeleger no dia 6 de novembro. As pesquisas de opinião mostram que essa comunidade sempre representou um apoio importante para o presidente democrata, mas a política agressiva de expulsão de sua administração tem afetado a popularidade do chefe de Estado junto a essa minoria.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.