Estados Unidos/Nevasca

Nevasca já matou duas pessoas na região de Nova York

Garis removem a neve nas ruas desertas de Times Square, neste sábado, 9 de fevereiro.
Garis removem a neve nas ruas desertas de Times Square, neste sábado, 9 de fevereiro. REUTERS/Eric Thayer

A tempestade de neve que atinge há dois dias a região nordeste dos Estados Unidos já matou duas pessoas. As vítimas são do estado de Nova York e de New Hampshire. Vários aeroportos permanecem fechados e 4.700 voos foram cancelados por causa do mau tempo. Pelo menos 500 mil americanos estão sem luz em casa devido a panes nas redes de transmissão elétrica. A camada de neve em Boston pode chegar a 60 cm neste sábado.

Publicidade

A nevasca na costa leste americana é acompanhada de violentas rajadas de vento e forte neblina. Cinco estados – Massachusetts, Rhode Island, Connecticut, Nova York e Maine – permanecem em estado de alerta. Nas próximas horas, até 30 cm de neve devem cair em Nova York e 60 cm em Boston. Além do cancelamento de milhares de voos, o tráfego de trens e ônibus está fortemente perturbado.

No estado de Nova York, uma mulher perdeu o controle de seu carro na localidade de Ploughkeepsie, matando um homem de 74 anos que andava na calçada. A segunda vítima fatal da nevasca é um homem que também perdeu a direção de seu veículo e se chocou contra uma árvore. Um engavetamento na rodovia interestadual 295 envolveu 19 carros na altura de Falmouth, no Maine. O acidente deixou apenas feridos leves.

O governador de Massachussets tomou uma medida excepcional que não era adotada desde 1935. Desde ontem à tarde, Deval Patrick proibiu a circulação de carros no estado. Os infratores estão sujeitos a pagar multa de US$ 500 (mil reais). As rodovias de Connecticut também estão interditadas por ordem do governador local. Elas só podem ser utilizadas pelas equipes de resgate.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.