Acessar o conteúdo principal
Estados Unidos/Los Angeles

EUA oferecem US$ 1 milhão de recompensa por ex-policial suspeito de três assassinatos

Christopher Dorner tem sua imagem capturada por câmera de vídeo no dia 28 de janeiro de 2013 num hotel do condado de Orange, na Califórnia.
Christopher Dorner tem sua imagem capturada por câmera de vídeo no dia 28 de janeiro de 2013 num hotel do condado de Orange, na Califórnia. REUTERS/Irvine Police Department
Texto por: RFI
3 min

O prefeito de Los Angeles, Antonio Villaraigosa, anunciou neste domingo que vai pagar uma recompensa de US$ 1 milhão por informações que levem à captura de um ex-policial suspeito de três assassinatos na última semana. O procurado é Christopher Dorner, de 33 anos, ex-integrante do Departamento de Polícia de Los Angeles (LAPD), que ameaçou matar dezenas de policiais por vingança devido à sua demissão em 2008.

Publicidade

Dorner, um reservista da Marinha descrito pela polícia como um homem negro, de 1,80m e 120kg, foi demitido há quase cinco anos por ter contado mentiras sobre um superior hierárquico. Na segunda-feira passada, ele publicou um manifesto na internet ameaçando matar todas as pessoas que ele julga responsáveis por sua exclusão da polícia.

Ele teria começado a pôr as ameaças em prática no domingo, matando uma mulher e seu companheiro. A mulher era filha do homem que Dorner acredita ser o principal responsável de sua demissão. O fugitivo também é suspeito de ter atirado em dois oficiais na noite de quarta para quinta-feira na zona leste de Los Angeles, sendo que um deles não resistiu aos ferimentos e morreu. Em outra tentativa de homicídio, ele teria ferido mais um policial.

No manifesto publicado na internet, o ex-policial faz comentários ofensivos a lésbicas, asiáticos e à polícia de Los Angeles, além de exigir sua reabilitação imediata "sem negociação". Mais de 40 pessoas visadas pelo manifesto estão sob proteção especial e a cerimônia de entrega dos Grammys, na noite deste domingo em Los Angeles, teve a segurança reforçada.

Há uma semana, mais de cem policiais estão à caça de Dorner. O carro do ex-policial foi encontrado abandonado perto da estação de esqui californiana de Big Bear, a duas horas de estrada de Los Angeles. No interior do veículo, que estava com o pneu furado, policiais encontraram várias armas, segundo a mídia local.

O prefeito de Los Angeles diz ter reunido o dinheiro da recompensa milionária com líderes locais, empresas, sindicatos e grupos comunitários. "Não vamos tolerar nada que perturbe nossa segurança, a tranquilidade de nossos bairros e de nossas comunidades", disse Villaraigosa durante uma coletiva de imprensa neste domingo. O prefeito acrescentou que não irá tolerar "esse regime de terror que está roubando a tranquilidadede espírito dos moradores do sul da Califórnia, uma coisa que eles não merecem".

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.