Venezuela/Conselho de Segurança

Venezuela comemora entrada no Conselho de Segurança da ONU

O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, no dia 23 de julho de 2014.
O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, no dia 23 de julho de 2014. ©Reuters.

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, comemorou nesta quinta-feira (16), o ingresso da Venezuela como integrante não permanente do Conselho de Segurança das Nações Unidas, após votação na Assembleia Geral da ONU, em Nova York.

Publicidade

“Foi uma vitória, um recorde mundial de apoio, de amor e de confiança”, declarou Maduro em cadeira nacional de rádio e televisão, direto do palácio de Miraflores.

A Venezuela juntou-se a Angola, Malásia, Nova Zelândia e Espanha, que assumem o assento por dois anos a partir de 1° de janeiro. Os 193 membros da Assembleia Geral da ONU escolheram a Venezuela com 181 votos a favor, Malásia com 187, Angola com 190 e a Nova Zelândia com 145, enquanto a Espanha venceu a Turquia numa votação de desempate.

Mapa do poder

Atualmente, o Conselho de Segurança tem cinco membros permanentes: Estados Unidos, França, Grã-Bretanha, Rússia e China, uma composição que em grande parte reflete o equilíbrio de poder global que se instaurou após a 2ª Guerra Mundial. A cada ano, metade dos dez assentos não permanentes são renovados.

O Brasil tem cobrado repetidamente a necessidade de reforma do órgão para incluir mais países.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe todas as notícias internacionais baixando o aplicativo da RFI