Acessar o conteúdo principal
Estados Unidos/Coreia do Norte

Comédia "A Entrevista" registra cerca de U$ 18 milhões em vendas

Cartaz do filme 'The Interview"
Cartaz do filme 'The Interview" Reuters/路透社
Texto por: RFI
2 min

A comédia da Sony “A Entrevista”, que entrou em cartaz na quinta-feira passada e conta a história de um complô para assassinar o dirigente norte-coreano Kim Jong-Un, registrou até agora uma receita de U$ 15 milhões em DVDs e produtos derivados e U$ 2,8 milhões de bilheteria nos Estados Unidos.  

Publicidade

O filme foi alvo de um ataque hacker supostamente norte-coreano, que levou a Sony a cancelar a estreia. O presidente americano Barack Obama chegou lamentar a decisão da empresa, “que se deixou intimidar pelo ciberataque”. Já as autoridades norte-coreanos, que negaram a responsabilidade, consideraram a comédia “um ato de guerra.”

Na semana passada, as redes de cinema americanas anunciaram que renunciaram à projeção depois das ameaças feitas pelos piratas que atacaram a Sony. Eles chegaram até mesmo a revelar e-mails pessoais da direção, disponibilizando o conteúdo das conversas em plataformas especializadas.

Filme entrou em cartaz em cerca de 300 salas nos EUA

A empresa acabou voltando atrás e autorizou o lançamento em algumas salas independentes no dia 24 de dezembro. O filme também teve o acesso liberado em diversas plataformas na Internet e no site www.seetheinterview.com.

Cerca de 300 cinemas nos Estados acabaram aceitando projetar a comédia.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.