Rússia/EUA

Putin garante que está pronto para cooperar com os EUA

Presidente russo Vladimir Putin na intervenção televisiva de 16 de abril de 2015.
Presidente russo Vladimir Putin na intervenção televisiva de 16 de abril de 2015. Reuters

Rússia e Estados Unidos têm interesses comuns e devem cooperar, declarou neste sábado (18) o presidente russo Vladimir Putin, em entrevista na televisão. A declaração contrasta com as duras críticas de Putin aos Estados Unidos e ao Ocidente. Nos últimos meses, o presidente russo acusou reiteradamente Washington e outras potências ocidentais de responsáveis pela crise ucraniana.

Publicidade

A entrevista de Vladimir Putin foi transmitida pelo canal estatal Rossiya. O presidente russo falou que Rússia e Estados Unidos discordam sobre vários temas da agenda internacional. Mas, ao mesmo tempo, “alguma coisa nos une e nos obriga a trabalhar juntos”, ressaltou.

O presidente faz referência ao “esforço global para que a economia mundial seja mais democrática e equilibrada, para que a ordem mundial seja mais democrática”.

Mudança de tom

Na última quinta-feira (16), Vladimir Putin tinha feito declarações virulentas contra os Estados Unidos. Em um programa de televisão, onde ele respondeu durante horas a perguntas dos telespectadores, o presidente russo acusou Washington de querer “não aliados, mas vassalos”.

As relações entre a Rússia e o Ocidente se degradaram, após o conflito no leste ucraniano que deixou mais de 6.000 mortos em um ano e levou a anexação da Crimeia por Moscou. No entanto, Rússia e as potências ocidentais afirmam que apoiam o acordo de paz, concluído em fevereiro deste ano em Minsk. Apesar do cessar-fogo acertado, os combates continuam e conflito registra novas mortes a cada dia.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.