Primárias desta terça são decisivas para escolha de candidatos nos EUA

A terceira Super Tuesday vai ser decisiva
A terceira Super Tuesday vai ser decisiva REUTERS/Chris Keane
Texto por: RFI
2 min

Esta terça-feira (15) é um dia decisivo para a escolha dos candidatos dos partidos majoritários à sucessão de Barack Obama nos EUA. Na chamada terceira ‘super-terça-feira’ votam os eleitores de seis estados, entre eles alguns dos mais importantes na eleição de novembro.

Publicidade

Eduardo Graça, correspondente da RFI em Nova York

No lado republicano, Flórida e Ohio darão todos os seus delegados para quem chegar em primeiro lugar, ou seja, eles não são distribuídos, como nas outras unidades da federação, de forma proporcional. Esse detalhe é importante porque Donald Trump, líder em todas as pesquisas, pode disparar à frente, se de fato vencer nos dois estados.

Há uma grande expectativa de que o senador Marco Rubio e o governador John Kasich, os dois últimos republicanos considerados moderados, desistam de suas candidaturas se perderem para Trump nos estados em que têm suas bases políticas, respectivamente, Flórida e Ohio.

O segundo colocado nas primárias republicanas, o senador texano Ted Cruz, também enfrenta uma prova de fogo hoje: mostrar que é viável em locais menos acolhedores a seu conservadorismo rígido, como Chicago, mas pode surpreender Trump nos estados de Missouri e na Carolina do Norte.

Entre os democratas é o senador Bernie Sanders que precisa ganhar, e com folga, em estados ricos em delegados, especialmente os do meio-oeste, com eleitores mais esquerdistas, como Illinois e Ohio, para levar a disputa adiante com a ainda favorita Hillary Clinton.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.