Manifestantes antirracistas derrubam estátua dos Confederados nos EUA

Momento em que a estátua é derrubada por manifestantes em Durham, Carolina do Norte, Estados Unidos.
Momento em que a estátua é derrubada por manifestantes em Durham, Carolina do Norte, Estados Unidos. Reprodução Youtube

Dois dias depois dos dramáticos acontecimentos em Charlottesville, nos Estados Unidos, que resultaram na morte de uma mãe de família de 32 anos e 19 feridos, diversas manifestações antirracistas foram realizadas em muitos lugares do país, incluindo a cidade de Durham, na Carolina do Norte.

Publicidade

Durante o evento na segunda-feira (15), os participantes atacaram uma estátua dos Confederados, uma homenagem aos soldados esclavagistas do Sul que, durante a Guerra Civil Americana, defendiam a segregação e o racismo.

Veja o vídeo do momento em que a estátua é derrubada:

Os manifestantes se reuniram no antigo tribunal de Durham em torno do Monumento dos Soldados Confederados. O monumento, de 1924, retrata um soldado que segura uma arma em cima de uma base de concreto. na base do monumento, a inscrição: "Em memória dos meninos que usavam cinza".

Durante o protesto, uma pessoa subiu em uma escada e amarrou uma corda no topo da estátua, enquanto a multidão cantava: "Nós somos a revolução". Os manifestantes puxaram então a corda e gritaram enquanto a estátua caiu no chão. Várias pessoas correram até a estátua, chutando-a e cuspindo sobre ela.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.