Acessar o conteúdo principal
Obesidade/EUA

Mais da metade das crianças nos EUA serão adultos obesos, segundo estudo

Mais da metade das crianças nos EUA podem virar adultos obesos.
Mais da metade das crianças nos EUA podem virar adultos obesos. Flickr/ Stuant 63
3 min

Mais de 57% das crianças que vivem nos Estados Unidos correm o risco de se tornarem obesas quando tiverem 35 anos se for mantida a tendência atual, adverte um estudo do The New England Journal of Medicine.

Publicidade

A pesquisa, divulgada na quarta-feira (29), também assinala que os menores de idade com um peso normal têm 50% de chance de serem adultos obesos.

"Os resultados destacam a importância dos esforços de prevenção em todas as crianças (...) e de intervir de forma precoce nas crianças que já estão obesas para minimizar os riscos de doenças graves no futuro", explica Zachary Ward, autor principal do estudo e pesquisador da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de Harvard.

O sobrepeso e a obesidade estão vinculados a um alto risco de diabetes, doenças cardiovasculares e várias formas de câncer, acrescenta. Os cientistas se basearam para o seu estudo no tamanho e peso de 41.567 crianças e adultos.

Obesidade infantil é difícil de ser corrigida

A partir dessas estatísticas, fizeram projeções sobre a evolução de ambas as medidas de amostras representantes da população americana até os 35 anos. "Os resultados mostram que a obesidade será um problema sério para a maioria das crianças que crescerem nos Estados Unidos", conclui o estudo.

O excesso de peso durante a infância é difícil de corrigir no futuro, assinala. As investigações demonstram que 75% dos menores de dois anos que têm sobrepeso continuarão sofrendo desta condição aos 35 anos.

Os riscos são ainda mais graves para as crianças que têm obesidade severa - atualmente afeta 4,5 milhões nos Estados Unidos - quando chegam à idade adulta. Nesse grupo, as crianças de dois anos têm mais de 80% de chances de serem obesas com 35 anos. Aos cinco anos, a taxa cai para 10%.

Mas as crianças com peso normal também correm o risco de ter obesidade quando adultos, de acordo com o estudo. Entre os jovens de dois a 19 anos em 2016, mais da metade era suscetível de sofrer de obesidade aos 35 anos.

O estudo projeta, por sua vez, que negros e hispânicos têm mais chances do que os brancos de serem obesos entre os dois e 35 anos, dando destaque ao fator da raça e etnia.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.