Acessar o conteúdo principal
Argentina

Popularidade de Macri despenca na Argentina

Mauricio Macri recorreu ao Fundo Monetário Internacional, medida que não foi bem vista pelos argentinos
Mauricio Macri recorreu ao Fundo Monetário Internacional, medida que não foi bem vista pelos argentinos REUTERS/Andres Stapff
Texto por: RFI
2 min

A imagem positiva do presidente da Argentina, Mauricio Macri, caiu para menos de 40%. A maioria dos cidadãos rejeita a intervenção do FMI e vê o futuro com pessimismo, segundo uma pesquisa de opinião divulgada neste domingo (13). A moeda argentina desvalorizou 6,9% na semana passada.

Publicidade

A pesquisa, realizada pelo Centro de Estudos de Opinião Pública (CEOP), revelou que 37,7% dos entrevistados têm uma imagem positiva de Macri e 62,7%, negativa, seis meses depois que a coalizão de governo Cambiemos (centro-direita) se impôs nas legislativas. Essa é a opinião negativa mais alta e a positiva mais baixa sobre a imagem de Macri desde o início de seu mandato, em dezembro de 2015.

Cerca de 77% consideraram negativa a inesperada decisão do governo de recorrer ao Fundo Monetário Internacional (FMI) para obter um novo crédito stand-by em meio a pressões cambiais, e apenas 20,9% aprovaram esta saída. “Deve-se levar em conta que a memória coletiva se nutre de más recordações de tempos indesejados que se associam ao temido FMI", explicou Roberto Bacman, diretor do CEOP.

Outra pesquisa divulgada recentemente, da consultoria D'Alessio Irol-Berensztein, havia mostrado que 75% dos entrevistados consideraram "inadequado" recorrer ao FMI, enquanto 66% responsabilizaram o governo pela crise cambial.

Dos entrevistados pelo CEOP, 70,5% consideraram "fracassada a luta contra a inflação" e 63% opinaram que o governo lidou "mal ou muito mal" em relação à taxa de câmbio.

(Com informações da AFP)

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.