Acessar o conteúdo principal
Caso Bruno

Imprensa europeia repercute caso Bruno

O goleiro do Flamengo, Bruno Fernandes de Souza.
O goleiro do Flamengo, Bruno Fernandes de Souza. Reuters
Texto por: Ana Carolina Dani
2 min

O caso do goleiro Bruno, suspeito de mandar matar a amante, ganha repercussão na imprensa europeia, que utiliza adjetivos como macabro, sombrio e sinistro para relatar o caso .

Publicidade

O site do jornal Le Monde desta sexta-feira afirma que o goleiro do Flamengo é conhecido por ser um inveterado colecionador de mulheres.

Citando a imprensa brasileira, o jornal relata a sequência dos acontecimentos, desde o churrasco em que Eliza Samudio teria conhecido Bruno até a morte da garota.

"Há alguns anos, os jogadores de futebol brasileiros se metem em histórias escabrosas. Entre escândalos morais e casos de drogas, os jogadores focalizam a atenção das páginas policiais.", afirma o Le Monde.

O jornal britânico The Guardian também traz detalhes sobre o caso Bruno, que o jornal apresenta aos leitores inglese como um dos jogadores mais conhecidos do Brasil. O espanhol El Marca fala em “escândalo mortal” e abre a matéria dando destaque para a prisão do ex-policiail "Nenem", suspeito de ter estrangulado Eliza Samudio.

O Marca lembra que pelo menos 7 pessoas estão detidas, suspeitas de participação no crime, entre elas Luiz Henrique Ferreira Romão, conhecido como "Macarrão" e que o jornal apresenta como "Macarrón”.

O site francês futebol.fr também repercute o caso e para dar uma ideia aos franceses de quem é Bruno, compara o jogador brasileiro ao goleiro do Marselha. "Imaginem Steve Mandanda, goleiro do Marselha, suspeito de morte”, explica o site francês.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.