Eleições 2010/Nova York

Serra vence em Nova York, maior colégio eleitoral no exterior

A taxa de abstenção chegou a 60% em Nova York
A taxa de abstenção chegou a 60% em Nova York Agência Brasil - ABr

O candidato do PSDB à presidência, José Serra, venceu as eleições em Nova York, o maior colégio eleitoral brasileiro no exterior. Serra obteve 45,2% dos votos contra 26,5% de Dilma Rousseff, do PT, que ficou em segundo lugar.

Publicidade

Cleide Klock, correspondente da RFI em Nova York

Os Estados Unidos têm a maior quantidade de brasileiros que votam fora do país. São 66.940 eleitores aptos, e a seção de Nova York é a maior no exterior. Porém, o índice de abstenção foi de quase 60%. José Serra, do PSDB, venceu a votação realizada neste domingo, mas com indicação de segundo turno com a candidata do PT, Dilma Rousseff. Serra recebeu 45,2% dos votos, Dilma, 26,5% e Marina Silva, 25,3%.

Das 21 mil pessoas que estavam inscritas para votar, compareceram 8.809 (41%). O embaixador Osmar Chofhi, cônsul do Brasil em Nova York, justificou o elevado grau de abstenção por questões relacionadas à distância da moradia em relação ao local de voto, dificuldades de transporte ou de trabalho no fim de semana. Além das pessoas que moram no estado de Nova York, em Manhattan também votaram os brasileiros dos vizinhos Nova Jersey, Filadélfia e ainda das Ilhas Bermudas, que estão a mais de 1.200 km de distância.

O dia teve clima de festa e descontração. A espera, em alguns momentos, passou de meia hora, com filas dobrando quarteirão, mas os eleitores aproveitaram para fazer e rever amigos, trocar ideias e até fazer propaganda de seus trabalhos: panfletos de dentista, advocacia e de produtos brasileiros passavam de mão em mão. 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.