Eleições/Brasil

Sarkozy felicita Dilma pela vitória

Dilma Rousseff foi felicitada pelo presidente francês logo depois da vitória.
Dilma Rousseff foi felicitada pelo presidente francês logo depois da vitória.

 A nova presidente do Brasil recebeu uma mensagem de felicitação da França e a promessa de apoio e amizade. Outros dirigentes também expressaram as boas vindas a Dilma. 

Publicidade

O presidente francês Nicolas Sarkozy foi um dos primeiros chefes de Estado a parabenizar Dilma Rousseff pela sua vitória na eleição presidencial do Brasil. A mensagem foi divulgada logo depois que o resultado da votação foi anunciado.

A eleição de Dilma Rousseff  "mostra o reconhecimento do povo brasileiro pelo trabalho considerável que ela realizou com o presidente Lula para fazer do Brasil um país moderno e mais justo", afirmou Sarkozy. O presidente francês garantiu que a presidente eleita "poderá continuar a contar com a amizade e o apoio indefectíveis da França".

Outros líderes mundiais também felicitaram Dilma Rousseff pela sua vitória neste segundo turno, entre eles o primeiro-ministro da Espanha, José Luiz Rodrigues Zapatero, o presidente de Portugal, Anibal Cavaco Silva, e o presidente da Venezuela, Hugo Chávez.

A presidente da Argentina, Cristina Kirchner, deu as boas-vindas "ao clube das companheiras de gênero" e ressaltou o significado da vitória de Dilma para a continuidade do processo político na América Latina. Esta foi a primeira declaração dela divulgada por fontes oficiais desde a morte do marido, o ex-presidente Néstor Kirchner, na última quarta-feira.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.