Tráfico/Brasil

Polícia italiana apreende uma tonelada de cocaína vinda do Brasil

Os países europeus têm reforçado o controle do tráfico de drogas nas fronteiras.
Os países europeus têm reforçado o controle do tráfico de drogas nas fronteiras. DEA

Trata-se da maior apreensão de cocaína feita na Itália nos últimos 15 anos. O lote da droga "puríssima", segundo a polícia italiana, tem valor estimado em 200 milhões de euros.

Publicidade

A polícia italiana apreendeu um contêiner no porto de Gioia Tauro, na Calábria, região sul do país, proveniente do Brasil, contendo uma tonelada de cocaína. A droga estava escondida na estrutura metálica de carrinhos de transporte agrícola e tem valor de mercado estimado em 200 milhões de euros.

O carregamento chegou ao sul da Itália em um navio brasileiro. Os policiais desconfiaram da carga depois de realizar um controle de passaporte em alguns tripulantes brasileiros e descobrir irregularidades nos documentos. O porto de Gioia Tauro é um dos maiores do Mediterrâneo e está localizado numa região dominada pela temida máfia calabresa Ndrangheta, ligada ao narcotráfico colombiano.

Segundo a polícia italiana, esta é a maior apreensão de cocaína feita na Itália nos últimos 15 anos. A droga era destinada ao mercado italiano e a países do norte da Europa. O comandante Salvatore Cagnazzo, responsável pelo inquérito, afirmou que ninguém foi preso. O policial explicou que a droga foi descoberta graças a um scanner da agência britânica de luta contra o crime organizado chamado Soca. "Quando passamos os carrinhos no scanner, descobrimos a droga escondida na estrutura metálica", disse o comandante.

O juiz Giancarlo Capaldo, da direção antimáfia da justiça romana, nota uma mudança na rota do tráfico da América do Sul para a Europa. "Antes, a droga destinada aos países nórdicos chegava diretamente ao porto de Amsterdã", disse o juiz, acrescentando que agora os traficantes usam os portos da Calábria. 

O consumo de cocaína aumentou significamente na Europa nos últimos anos. Itália, Espanha e Reino Unido são os países com maior número de consumidores da droga, segundo relatório apresentado na semana passada pela agência europeia de drogas.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.