Fato em Foco

Alta de juros no Brasil é positiva para investidores estrangeiros, diz economista

Áudio 05:00
Juros altos atraem investidores estrangeiros.
Juros altos atraem investidores estrangeiros.

O Copom (Comitê de Política Monetária do Banco Central), decidiu aumentar novamente o índice da Selic, a taxa de básica do juros do Brasil, que passa a ser de 11,25% ao ano. A decisão, que já era prevista pelos analistas, confirma a posição do país como um dos que possui a maior taxa de juros do mundo.

Publicidade

O Banco Central já havia aumentado o índice três vezes no ano passado, saltando de 8,75% para 10,75%. Esse movimento, que visa controlar a inflação e evitar que uma bolha econômica se forme, é uma resposta à boa fase das finanças brasileiras, motivada pelo consumo interno e pela especulação internacional, principalmente nos investimentos em matérias primas.

De acordo com o economista Jaime Marques Pereira, professor de economia na Universidade de Picardie, na França, e membro do laboratório de pesquisas Criisea, essa alta da taxa de juros é vista de maneira positiva pelos investidores internacionais. Segundo ele, com as fracas perspectivas de crescimento na Europa e nos Estados Unidos, o Brasil aparece como um dos principais pólos de investimento e benefícios para os grupos estrangeiros.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.