VULCAO/CHILE

Vulcão chileno paralisa tráfego aéreo no Sul do Brasil

A cidade de Bariloche na Argentina é uma das mais afetadas pelo vulcão
A cidade de Bariloche na Argentina é uma das mais afetadas pelo vulcão Reuters/Chiwi Giambirtone

A erupção do vulcão chileno Puyehue volta a provocar transtornos no tráfego aéreo do cone sul. Voos foram cancelados na Argentina, Brasil, Chile, Uruguai e Paraguai.

Publicidade

Todos os voos dos aeroportos do Sul do Brasil foram cancelados na manhã desta sexta-feira. Um total de 64 voos, de acordo com a Infraero.

A nuvem atingiu a cidade de Florianópolis e forçou o cancelamento mesmo de voos em São Paulo e Rio de Janeiro. Segundo a Infraero, as anulações são uma medida de precaução tomada pelas empresas, pois as cinzas podem prejudicar o funcionamento das turbinas e a visibilidade.

Na quinta-feira, Buenos Aires despertou com os tetos de carros cobertos por uma camada de fuligem do vulcão que entrou em erupção no sábado. Os aeroportos da capital argentina foram bastante afetados, os voos domésticos e internacionais permanecem suspensos.

Segundo um comunicado do comitê de crise argentino, a maioria dos terminais aéreos do centro sul e sul da Argentina permanece fechada, até que “as condições de segurança necessárias para operar sejam garantidas”.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.