Emirados Árabes/Brasil

Abu Dhabi quer investir no setor agrícola do Brasil

Abu Dhabi de olho no setor agrícola brasileiro.
Abu Dhabi de olho no setor agrícola brasileiro. Flickr/Joi Ito

O Fundo de Investimentos de Abu Dhabi, Mubadala, está de olho no setor agrícola brasileiro. O maior jornal dos Emirados Árabes, o The National, anunciou esta semana que o Fundo parece decidido em investir na agricultura no Brasil. E, para isso, já começou uma análise detalhada das empresas brasileiras.

Publicidade

Karina Hermesindo, correspondente da RFI em Abu Dhabi,

No mês passado, em visita ao Brasil representantes do Fundo se reuniram com o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, e se mostraram dispostos a investir 13 bilhões de dólares no país. As áreas de interesse são alumínio, aeroespacial, mas principalmente agricultura.

As terras baratas e férteis do Brasil estariam atraindo a atenção do governo de Abu Dhabi, que decidiu investir com forca no setor, já que a demanda por alimentos não para de crescer. O Brasil exportou quase 40% a mais no primeiro semestre deste ano aos Emirados Árabes, em comparação com o mesmo período de 2010 e a maior parte das exportações é do setor agrícola.

Os Emirados Árabes também têm interesse em investir na agricultura porque o país, assim como seus vizinhos ricos do Golfo, não dispõem de terras para suprir a demanda de alimentos para a população. Toda a comida das monarquias do golfo é importada.

A única preocupação do Fundo de Investimentos em relação ao setor agrícola brasileiro é quanto ao desmatamento. Os Emirados Árabes não gostariam de forma alguma ver sua imagem associada ao descaso com o meio ambiente. Por isso, especialistas prevêem que haverá muita negociação antes do Fundo liberar o dinheiro.

O interesse pelo Brasil faz parte das novas diretrizes do Fundo Mubadala que resolveu investir nos países que fazem parte dos BRICS, o grupo que reúne as potências emergentes Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. O Brasil será o primeiro pais da América Latina a receber investimentos dos Emirados Árabes.
No final do ano passado, Mubadala investiu 100 milhões de dólares no Fundo de Investimentos russo, Verno Capital.

Países asiáticos também fazem parte dos planos. Esta semana o Fundo de Abu Dhabi anunciou que vai investir 500 milhões de dólares em um campo de gás na Indonésia. Mubadala Fundo de Investimentos Estratégicos foi criado em 2002 com o objetivo de diversificar os negócios do governo de Abu Dhabi para diminuir a dependência do país ao petróleo.

O Fundo está presente atualmente no Oriente Médio, África, Ásia e Europa. E conta com parcerias e investimentos em empresas de peso como a General Eletric, Rolls Royces e a francesa do setor aéreo EADS.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.