Acessar o conteúdo principal
Correio dos Ouvintes para o Brasil

Último Correio dos Ouvintes de 2012

Áudio 12:43
Cada país tem seu modo de festejar a passagem de ano, como na Polônia, onde depois da meia noite comemos churrasco de javali acompanhado de vinho quente.
Cada país tem seu modo de festejar a passagem de ano, como na Polônia, onde depois da meia noite comemos churrasco de javali acompanhado de vinho quente. REUTERS/Kacper Pempel
Por: Adriana De Freitas

No nosso último encontro do ano vamos conhecer como é comemorada esta passagem de ano em alguns países europeus. Vamos saber Por que o “ano-novo” começa no dia primeiro de janeiro?Para rechearem bem a mesa do réveillon, os europeus preparam uma mesa bem farta, para trazer bons augúrios e prosperidade no ano que começa. Aqui deixamos para vocês a receita de uma deliciosa sobremesa finlandesa "Joulutortut".Não podíamos deixar de agradecer nossos ouvintes que nos enviaram votos de um feliz ano tanto por carta como via mail. Bom programa a todos e FELIZ 2013

Publicidade

Algumas das tradições e superstições dos países europeus 

Na Espanha se prepara um cacho de uvas e entre cada badalada da meia-noite se come um grão de uva para dar sorte.

Na Escócia é costume ir a casa de um vizinho ou amigo, antes das doze batidas, para desejar prosperidade a todos.

Na Inglaterra se abre as portas e janelas para que o ano velho possa ir embora. Também se traz sal símbolo de abundancia uma moeda para prosperidade e um pedaço de carvão para que a casa possa ficar sempre quentinha.

Na Bulgária se come peru com couve, tem também chucrute.

Na Rússia as mulheres fazem ritos de adivinhos como jogar cera quente num recipiente e interpretar os desenhos.

Na Suécia, na passagem do ano, todos ficam à volta da mesa, onde se coloca um castiçal típico sueco, o Yul que tem duas velas posicionadas em alturas diferentes, uma mais alta do que a outra. Na passagem do ano se apaga a que está mais baixo deixando somente a de cima acessa, simbolizando o futuro que está começando.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.