Acessar o conteúdo principal
França/Justiça

Prisioneiro usa explosivos para fugir de prisão de segurança máxima na França

A ministra da Justiça, Christiane Taubira.
A ministra da Justiça, Christiane Taubira. REUTERS/Philippe Wojazer
2 min

A França vai emitir um mandato de prisão para os 30 países do espaço Schengen após a fuga espetacular de um criminoso de uma prisão de segurança máxima nos arredores de Lille, no norte do país, perto da fronteira com a Blégica. O anúncio foi feito pela minstra da Justiça, Christiane Taubira.

Publicidade

“As buscas em um primeiro momento serão feitas na Bélgica, porque temos uma fronteira em comum, mas vão se estender para o conjunto do espaço Schengen e também em outros países”, afirmou Taubira durante uma entrevista coletiva na priséao de Sedequin.

A ministra também anunciou a mobilização da Interpol. Redoine Faid, de 40 anos, fugiu da prisão na manhã deste sábado com a ajuda de explosivos e depois de ter feito 4 vigias como reféns. Autor de uma série de roubos, ele estava detido por tentativa de ataque à mão armada que resultou na morte de uma policial de 26 anos, em maio de 2010.

Faïd teria utilizado explosivos para destruit as cinco portas do estabelecimento e fugir, de acordo com um membro do sindicato penitenciário. Integrantes do partido de oposição, UMP, pediram explicações à ministra da Justiça e querem saber “como um criminoso condenado a duras penas de prisão conseguiu os explosivos e fugir de uma penitenciária construída recentemente para abrigar criminosos considerados extremamente perigosos”.

Considerado extremamente inteligente, Raid teria na seqüência fugido em um carro e depois em um segundo, de acordo com a secretaria de segurança de Lille.

Todos os reféns foram libertados durante a fuga e não ficaram feridos, segundo o procurador Frédéric Fèvre. Redoine Faid continua armado e com explosivos. Eventuais cúmplices também são procurados.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.