Brasil/ economia

Mercado reduz previsão de crescimento do Brasil para 2,98% em 2013

Previsão para a inflação é de 5,8%.
Previsão para a inflação é de 5,8%. Flickr/ B. Thompson

Analistas de mercado reduziram a perspectiva de crescimento do Brasil neste ano, pela primeira vez abaixo dos 3%. Conforme pesquisa Focus divulgada nesta segunda-feira pelo Banco Central, o país deve crescer 2,98%, e não mais 3%, como avaliado há quatro semanas.

Publicidade

A Focus é feita com base em estimativas de instituições financeiras sobre os principais indicadores econômicos. As previsões contrastam com os últimos dados do Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), publicados na semana passada e que demonstram uma aceleração de 1,05% da atividade econômica brasileira no primeiro trimestre do ano.

Mesmo assim, o mercado avalia que a situação permanecerá instável, resultando em um aumento do PIB inferior ao previsto inicialmente. Por enquanto, a previsão da Focus para 2014 ficou intacta, de 3,5%.

Os primeiros dados oficiais sobre o crescimento serão divulgados em 29 de maio, referentes a janeiro a março. Em relação à produção industrial, a perspectiva de crescimento neste ano foi reduzida para 2,5%, contra 2,53% na pesquisa anterior. Os analistas do mercado financeiro mantiveram a projeção para inflação este ano e em 2014. A estimativa para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) é 5,80%, tanto para 2013 quanto para o 2014.

No final da semana passada, o presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, afirmou que a autoridade monetária fará o que for necessário, e de forma tempestiva, para a inflação cair na segunda metade do ano.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.