Acessar o conteúdo principal
Copa do Mundo

"O Brasil venceu seu Mundial", diz Le Monde

A seleção alemã levou a taça, mas o jornal francês Le Monde diz que o Brasil foi vitorioso na organização da Copa de 2014.
A seleção alemã levou a taça, mas o jornal francês Le Monde diz que o Brasil foi vitorioso na organização da Copa de 2014. Reuters
Texto por: RFI
2 min

Em sua edição que chegou às bancas nesta segunda-feira (14), o jornal francês Le Monde publica um editorial elogiando a organização brasileira da Copa do Mundo de 2014. "A competição ocorreu sem incidentes. Os estádios ficaram prontos a tempo, o transporte coletivo funcionou, a segurança também. Não houve greves nem protestos violentos, ao contrário do que haviam anunciado certos pessimistas. O resto ficou por conta da hospitalidade dos brasileiros", resumiu o diário.

Publicidade

Para Le Monde, a Copa do Brasil foi o que deveria ser: "essa imensa festa coletiva, da qual acabam participando aqueles que normalmente não se interessam por futebol". O jornal afirma que esse sucesso brasileiro é um bom presságio para os próximos Jogos Olímpicos, que serão organizados no Rio de Janeiro em 2016.

Le Monde chega a relativizar a monumental derrota brasileira na semifinal contra a Alemanha, dizendo que "o Brasil perdeu no confronto com uma Alemanha que merecia ganhar, de tão brilhante e ofensivo que é o jogo de sua seleção".

O jornal até aponta um lado positivo no vexame em campo, afirmando que ele mostra que o Brasil "não se resume a futebol e samba". "Nesse início de século 21, com 200 milhões de habitantes, ele é uma grande potência econômica", acrescenta Le Monde, enfatizando que o país também pode se orgulhar de sua indústria e de sua agricultura.

O diário francês admite que do ponto de vista econômico o Brasil não ganhou nada com a Copa. Mas aponta que a organização do evento provocou uma grande mobilização política, e a opinião pública passou a discutir sobre o que não funciona bem no país, como a educação e a saúde. Alvo principal das críticas, a presidente brasileira, Dilma Rousseff, foi melhor que a seleção nesta Copa, segundo Le Monde, e termina o evento com uma popularidade maior do que antes do Mundial.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.