Brasil/ política

Multidão participa de velório de Eduardo Campos em Pernambuco

Filhos e esposa de Eduardo Campos velam o corpo do pai, ao lado de Marina Silva (direita), que deve ser a candidata do partido à presidência.
Filhos e esposa de Eduardo Campos velam o corpo do pai, ao lado de Marina Silva (direita), que deve ser a candidata do partido à presidência. REUTERS/Ricardo Moraes

Já estão sendo velados no Palácio do Campo das Princesas, sede do governo estadual de Pernambuco, os corpos do candidato do PSB (Partido Socialista Brasileiro) à presidência, Eduardo Campos, e do jornalista Carlos Percol e o fotógrafo Alexandre Severo Gomes da Silva, que trabalhavam na campanha do candidato. A cerimônia e o enterro serão abertos ao público, conforme expressou a viúva Renata Campos. A ecologista Marina Silva, que deve ser a nova candidata pelo partido, estava presente na chegada dos corpos.

Publicidade

Os restos mortais chegaram à base aérea de Recife por volta da 1h30 deste domingo (17). De lá, foram levados em um caminhão dos bombeiros até o palácio, onde uma multidão os aguardava.

Os corpos das sete vítimas do acidente de avião ocorrido na quarta-feira, em Santos, foram liberados pelo Instituto Médico Legal de São Paulo na tarde deste sábado. As outras quatro vítimas foram levados para Sergipe, Paraná e Minas Gerais, a pedido das famílias.

Durante o dia, haverá uma missa campal em Recife e o sepultamento de Eduardo Campos deve ocorrer à tarde. O candidato, de 49 anos, morreu em um acidente de avião na manhã de quarta-feira no litoral paulista, onde ele cumpriria agenda de campanha. Campos deixa a esposa e cinco filhos, um deles bebê.

Candidatura de Marina Silva deve ser anunciada na quarta-feira

Dirigentes do PSB admitem que Marina Silva, vice na chapa de Campos à presidência, irá assumir a liderança da candidatura. "A Marina já sinalizou que vai assumir a candidatura", afirmou o líder da bancada do PSB na Câmara, deputado federal Beto Albuquerque (RS), neste sábado.

Marina se comprometeu a respeitar o programa do partido e as suas alianças regionais nas eleições para governador. A candidatura dela deve ser anunciada na quarta-feira, três dias após o enterro de Campos. No mesmo dia, o nome do vice – que deve ser do PSB - também será informado, após uma reunião da cúpula do partido. Albuquerque é apontado como o favorito para ocupar o posto.

A campanha eleitoral nas rádios e televisões se inicia na terça-feira. O primeiro turno das eleições acontece no dia 5 de outubro.

Nas últimas pesquisas, Campos estava em terceiro lugar e tinha em torno de 8% das intenções de votos. Até o momento, a presidente Dilma Rousseff desponta como vencedora para um segundo mandato, após a disputa do segundo turno contra Aécio Neves (PSDB).

A chegada da ecologista Marina Silva, muito popular entre os jovens, pode modificar este cenário. Nas últimas eleições presidenciais, que disputou pelo Partido Verde, ela obteve 20% dos votos, ficando na terceira posição.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.