RFI Convida

“A prática de tortura ainda é realidade no Brasil, mas temos conseguido avanços”, afirma secretário brasileiro

Áudio 06:51
O gaúcho Rogério Sottili, secretário especial dos Direitos Humanos do governo brasileiro.
O gaúcho Rogério Sottili, secretário especial dos Direitos Humanos do governo brasileiro. RFI

O Secretario Especial dos Direitos Humanos do Brasil, Rogério Sottili, esteve esta semana em Genebra, na Suíça, participando de  reuniões do Conselho de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) e comentou as constatações feitas pelo relator especial sobre Tortura da entidade, sobre o alto grau de tortura nos interrogatórios brasileiros. O representante brasileiro acatou com realismo a constatação, afirmando que a tortura e a violência são um legado da colonização e de duas ditaduras, contra qual o governo vem se empenhando a combater.