Acessar o conteúdo principal
Brasil-África

Brasileiro de sete anos lança com mãe livro em Moçambique

Áudio 03:41
O livro "A História da Maria Café", de Izzy e Lorenzo Gomes , foi lançado em Moçambique.
O livro "A História da Maria Café", de Izzy e Lorenzo Gomes , foi lançado em Moçambique. Divulgação
Por: RFI
8 min

A brasileira Izzy Gomes e o seu filho Lorenzo moram há dois anos em Moçambique. Os dois assinam o livro ‘A História da Maria Café’, lançado em Maputo, capital do país. Tudo começou com as descobertas de Lorenzo, de sete anos, que falava muito da Maria Café, um bichinho da família dos herbívoros, também conhecido como ‘mil pés’.

Publicidade

Por Fábia Belém, correspondente da RFI em Moçambique

“Mãe, o nome dela é Maria Café porque ela toma café e por isso que ela é preta?” A pergunta de Lorenzo à mãe fez surgir a ideia do livro sobre uma Maria Café que gostava de tomar chá, conta Izzy. “Pego ideias soltas que ele tem, questões que ele traz a respeito desse imaginário, de bichos que ele vê, de situações que ele presencia, e tento transformar numa história pra criança”, relata a mãe.

Izzy e Lorenzo (à esq.) no lançamento do livro em uma escola de Maputo.
Izzy e Lorenzo (à esq.) no lançamento do livro em uma escola de Maputo. Toni André Scharlau Vieira

Com ilustrações feitas pelo moçambicano Cassamo Moiane, ‘A História da Maria Café’ oferece às crianças locais a oportunidade de poderem reconhecer o próprio universo nas páginas de um livro.

“A Maria Café é um bichinho que todas as crianças que moram aqui conhecem, um bichinho que tem aqui. Então, é uma iniciativa para tentar fazer com que se valorize o imaginário da criança moçambicana, e com elementos daqui, elementos locais”, observa a mãe de Lorenzo.

Na diferença é que nós crescemos

Izzy Gomes também ressalta um outro aspecto da história: o respeito às diferenças.

“A Maria Café mostra que ela pode gostar de chá, mas que pode conviver com a família, com os amigos. É uma história simples pra crianças pequenas, mas que, no fundo, tem essa mensagem: que cada um tem o seu valor do jeito que é, que você não precisa ser igual a ninguém pra se achar bom ou não, sabe, você tem que ser você mesmo. Na diferença é que nós crescemos, porque ninguém é igual a ninguém, e a gente só soma ao aceitar aquilo que o outro tem de diferente, afirma Izzy.

“Pra mim, a história da Maria Café inspira as crianças a poderem cuidar dos bichinhos”, acrescenta Lorenzo.

O livro não está à venda. Todos os exemplares - em torno de dois mil - foram doados a crianças moçambicanas. Lorenzo parece sempre feliz e orgulhoso do trabalho que fez com a mãe. E ele não pensa duas vezes quando a pergunta é sobre a parte do livro de que mais gosta.

“Eu gosto da parte que o pai abraça a filha com muita força, porque ela é muito bonita; significa amor e saúde também, né? Por isso que eu gosto dessa parte. É a melhor de todas pra mim”.

O pequeno Lorenzo autografa o livro "A História da Maria Café" que escreveu junto com a mãe Izzy.
O pequeno Lorenzo autografa o livro "A História da Maria Café" que escreveu junto com a mãe Izzy. Izzy Gomes

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.