Tragédia futebol

Tragédia aérea com a Chapecoense tem forte repercussão na Europa

Do sonho ao pesadelo é o título da manchete do jornal l'Equipe
Do sonho ao pesadelo é o título da manchete do jornal l'Equipe equipe.fr

Imprensa, clubes e jogadores europeus repercutem e prestam homenagens às vítimas do acidente aéreo com a equipe da Chapecoense na noite desta segunda-feira, na Colômbia.

Publicidade

Na França, o maior jornal esportivo do país, o L'Equipe, lembra que a equipe catarinense viajava pra Colômbia para o primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana. "Chapecoense, do sonho ao pesadelo", diz o jornal. "Um triste epílogo de um verdadeiro conto de fadas para este modesto clube brasileiro".

O L'Equipe afirma também que "a Chapecoense nunca ganhou um título nacional, quanto mais internacional". O jornal lembra do capitão da Chapecoense Cléber Santana, de 35 anos, que foi meio-campista do Atlético de Madri, durante três anos, de 2007 a 2009, e era conhecido dos comentaristas esportivos europeus. 

Solidariedade de clubes e jogadores europeus

Vários jogadores europeus expressaram solidariedade com as vítimas do acidente por meio de mensagens publicadas nas redes sociais. O goleiro espanhol Iker Casillas, campeão do mundo em 2010 e atualmente no clube português do Porto, enviou condolências à equipe catarinense. "Um momento duro para o futebol. Coragem e força", escreveu Casillas no Twitter.

Na França, vários clubes de futebol também se manifestaram. O time parisiense PSG declarou que "compartilha a tristeza dos brasileiros e de todos os amantes do futebol através do mundo". Na mesma rede social, o Lyon escreveu: "todos os nossos pensamentos para a Chapecoense após esse trágico acidente de avião".

Na Espanha, os jogadores do Barcelona fizeram um minuto de silêncio antes de começar o treinamento nesta terça-feira. "Pelas vítimas da tragédia com a Chapecoense, na Colômbia", escreveu o clube no Twitter.

A mesma homenagem foi realizada na capital do país pelos jogadores do Real Madrid. Eles se reuniram em um grande círculo no centro do gramado durante um minuto. Já o Atlético de Madrid publicou uma mensagem nas redes sociais dizendo que o clube estava "chocado com o acidente de avião que transportava a Chapecoense e o ex-jogador do clube Cléber Santana. Todas as nossas condolências às famílias das vítimas do acidente".

Na Alemanha, o Bayern de Munique escreveu "homenagem do Bayern às vítimas e parentes do acidente de avião na Colombia. Compaixão profunda pela Chapecoense", terminando com o hashtag em português #ForçaChapecoense.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.