Evolução Inovação

União Europeia e América Latina lançam manual para criação de observatórios de drogas

Áudio 11:01
O Observatório europeu das drogas e toxicomania espera contribuir com muitos países da América Latina para o combate às drogas.
O Observatório europeu das drogas e toxicomania espera contribuir com muitos países da América Latina para o combate às drogas. Reuters

Aumentar a cooperação entre os países para enfrentar o problema das drogas e oferecer estratégias baseadas em elementos científicos para definir políticas de luta anti-drogas. Esses são alguns dos principais objetivos do manual conjunto sobre a criação de observatórios nacionais lançado esta semana no Uruguai durante a 5ª reunião ibero-americana de observatórios de drogas. O documento traz uma série de recomendações e informações para orientar a criação e funcionamento dessas estruturas fundamentais para o combate a um fenômeno que impõe cada vez mais desafios aos governos pelas suas consequências sociais, econômicas e de saúde pública.O manual surgiu de uma parceria entre o Observatório europeu das drogas e toxicomania, a CICAD, a comissão interamericana de luta contra o abuso de drogas e a OEA, a Organização dos Estados Americanos. Além de constituir um guia prático válido para diferentes regiões, o manual oferece uma possibilidade de que haja troca de experiências e práticas através da internet.