Suécia/Clima

Especialistas tentam explicar desaceleração do aquecimento global

Começou em Estocolmo a conferência do Grupo de especialistas da ONU que investigam a evolução do clima no planeta.
Começou em Estocolmo a conferência do Grupo de especialistas da ONU que investigam a evolução do clima no planeta. REUTERS/Carlos Barria

As discussões da conferência do Grupo de especialistas da ONU que investigam a evolução do clima no planeta começaram na manhã desta terça-feira, 24 de setembro de 2013, em Estocolmo. Os integrantes do IPCC se reúnem até sexta-feira quando devem publicar o novo relatório e explicar uma desaceleração no aquecimento global registrada na última década.

Publicidade

Os integrantes do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas, IPCC, reunidos em Estocolmo devem confirmar que desde 1998 o ritmo do aquecimento global tem sido de 0,05 grau por década, uma temperatura bem inferior aos 0,12 grau registrado a partir de 1951. Os cientistas ainda desconhecem as causas exatas desta redução. Eles apontam como explicações a influência de partículas vulcânicas que refletem os raios solares, uma queda da atividade solar ou absorção do calor pelos oceanos.

Essa desaceleração não modifica, no entanto, as projeções de aquecimento global do painel da ONU. O IPCC, que é o órgão de referência científica sobre as mudanças climáticas, deve confirmar em seu quinto relatório a responsabilidade do homem no fenômeno. A temperatura global aumentou 0,8 graus desde o início do século 20 e vai continuar subindo no século 21, diz o IPCC. O relatório, que está sendo debatido esta semana pelos 195 países integrantes do painel, vai destacar a urgência para adotar medidas para conter o aquecimento.

Cientistas que já criticavam as conclusões do IPCC aproveitam essa redução das temperaturas para questionar novamente o modelo climático utilizado pelo painel da ONU até agora e pedem maiores explicações. Para estes críticos, as mudanças climáticas registradas recentemente são provocadas por variações naturais do clima e não pela ação do homem.

A Conferência do IPCC, inaugurada ontem em Estocolmo, termina na próxima sexta-feira com a publicação do quinto relatório sobre mudanças climáticas.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.