Acessar o conteúdo principal
COPA DO MUNDO/GRUPO G

Portugal x Costa do Marfim: empate justo para imprensa portuguesa

O português Cristiano Ronaldo (à esquerda) cumprimenta o marfinense Emmanuel Eboue ao final da partida.
O português Cristiano Ronaldo (à esquerda) cumprimenta o marfinense Emmanuel Eboue ao final da partida. Reuters
Texto por: RFI
3 min

Os principais jornais portugueses adotaram um tom condescendente com o empate de Portugal e Costa do Marfim, 1 x 1, na estreia das duas equipes na Copa da África do Sul, no grupo G. O lateral Paulo Ferreira reconheceu que seria melhor vencer o próximo jogo com a Coreia do Norte, antes de pegar o Brasil. 

Publicidade

Para o jornal português O Público, o jogo foi equilibrado, com oportunidades de gol dos dois lados. Cristiano Ronaldo esteve muito perto de marcar, logo aos 11 minutos, com uma bola na trave esquerda do goleiro depois de uma bonita jogada na entrada da área. O craque marfinense Didier Drogba, que só entrou no segundo tempo, também poderia ter marcado, mas desperdiçou a oportunidade, destaca O Público. O jogador havia fraturado o braço num amistoso preparatório antes do Mundial, mas se recuperou a tempo de entrar em campo.

O Jornal de Notícias também considerou o resultado de 0 a 0 merecido. "Portugal não foi capaz de superar a Costa do Marfim e apenas por uma vez esteve perto de fazer um gol, quando a bola de Ronaldo bateu na trave. A equipe de Queiroz não esteve bem e apenas Ronaldo conseguiu assustar os marfinenses", escreve o diário.

Esta é a primeira vez que Portugal empata numa estreia de Copa do Mundo. Foram três vitórias (3 a 1 contra a Hungria, em 1966; 1 a 0 em cima da Inglaterra, em 1986; e 1 a 0 sobre a Angola, em 2006) e uma derrota (3 a 2 com os Estados Unidos, em 2002).

 Em entrevista ao site português A Bola, o lateral Paulo Ferreira considerou o empate um resultado justo. O jogador disse que a Costa do Marfim tem excelentes jogadores. O lateral do Chelsea reconheceu que sua equipe tem de fazer melhor no segundo jogo, frente à Coreia do Norte. "Não podemos esperar pela partida com o Brasil", declarou o lateral ao site A Bola.

Todos os jornais destacaram o comentário de Cristiano Ronaldo de que a seleção portuguesa não ganhou por falta de sorte. O site Record deu manchete à forma como o técnico Carlos Queiroz justificou o pífio resultado da seleção portuguesa. "Quisemos ganhar, enquanto que a Costa do Marfim não assumiu o jogo, apostando numa atitude de espera para depois lançar o contra-ataque."

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.