Acessar o conteúdo principal
COPA DO MUNDO/BRASIL

CBF cancela entrevistas após a fraca estreia do Brasil

Dunga escapou da entrevista coletiva desta quarta-feira.
Dunga escapou da entrevista coletiva desta quarta-feira. Reuters
Texto por: Elcio Ramalho
2 min

Muitos jornalistas brasileiros e estrangeiros que vieram ao clube de golfe de Randburg, local de coletivas de imprensa da seleção brasileira, foram surpreendidos com a decisão da CBF de cancelar as entrevistas previstas para o início da tarde desta quarta-feira, às 12h45 no horário local. Os reservas fazem um treino às 16 horas.

Publicidade

A seleção ainda deve estar digerindo as críticas que vêm de todos os lados. A comemoração em campo pela vitória e os discursos de que foi superada a ansiedade da estreia foram ofuscados por uma evidência: a seleção jogou mal. O ataque sofreu para superar um time que é o pior do ranking da Fifa nesta Copa, o de número 105, e a defesa, considerada uma das mais fortes do Mundial, falhou diante de um adversário que chutou apenas três vezes durante a partida e, em uma delas, balançou as redes de Júlio Cesar.

As autocríticas começaram ainda na saída do estádio Ellis Park. Maicon, eleito o melhor jogador em campo pela Fifa e autor do primeiro gol, admitiu que o time foi lento no primeiro tempo. Elano, autor do segundo gol, pediu paciência. Michel Bastos, que estreou pela seleção brasileira, tentou minimizar as dificuldades da seleção. O atacante Luís Fabiano, que conseguiu dar apenas um chute a gol, defendido pelo goleiro norte-coreano, desabafou: "Estou feliz pela vitória, mas para fazer gols tem que melhorar." Para Robinho, com o fim da ansiedade de estreia, a tendência do Brasil é melhorar.

A seleção brasileira tem três dias para corrigir os erros e criar bem mais alternativas de jogadas, antes de encarar no próximo domingo, no estádio Soccer City, em Joanesburgo, a Costa do Marfim, considerada uma das mais fortes equipes africanas da atualidade.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.