Censura de exposição fotográfica causa polêmica em Paris

Áudio 06:00
O Museu de Arte Moderna de Paris decidiu proibir para menores de 18 anos a restrospectiva do fotógrafo americano Larry Clark.
O Museu de Arte Moderna de Paris decidiu proibir para menores de 18 anos a restrospectiva do fotógrafo americano Larry Clark. paris.fr/ RFI

A primeira retrospectiva do fotógrafo e cineasta norte-americano Larry Clark abriu suas portas ao público nesta sexta-feira em Paris. Cerca de 200 fotografias, muitas delas inéditas, estarão expostas até o dia 2 de janeiro no Museu de Arte Moderna da capital francesa. No entanto, apesar do sucesso do artista, que se tornou conhecido do grande público graças a filmes como Kids, a entrada na exposição foi proibida aos menores de 18 anos em razão de teor de algumas imagens, consideradas uma incitação à pornografia infantil. O Agenda Europa desta semana também dá destaque à retrospectiva em homenagem ao pintor francês Paul Gauguin, que acontece neste momento na Tate Modern, em Londres, e uma mostra sobre livros antigos no museu do Prado, em Madri.