Música

Orquestra da Radio France interpreta Beethoven em São Paulo

O maestro Myung Whun Chung, que comemora dez anos à frente da Orquestra Filarmônica da Radio France.
O maestro Myung Whun Chung, que comemora dez anos à frente da Orquestra Filarmônica da Radio France. sites.radiofrance.fr

A Orquestra Filarmônica da Radio France se apresenta hoje e amanhã em São Paulo. No programa, Chopin, Weber e a 5ª Sinfonia de Beethoven. O maestro coreano Myung-Whun Chung, que comemora dez anos à frente da orquestra, falou sobre a importância desta obra de Beethoven no repertório mundial e o desafio que ela representa para os músicos. 

Publicidade

A Orquestra Filarmônica da Radio France é composta por 138 músicos, que interpretam um repertório original e variado sob a regência do maestro Myung-Whun Chung. Conjunto musical de geometria variável, a orquestra pode se apresentar em formações reduzidas, adaptando-se ao repertório escolhido. Nas 50 apresentações que fazem por ano, os músicos interpretam partituras clássicas, contemporâneas e música de câmera, com combinações instrumentais específicas.

O maestro coreano Myung-Whun Chung

Na turnê que iniciam na América Latina, com duas apresentações em São Paulo, a orquestra vai interpretar a 5ª Sinfonia de Beethoven. Em entrevista à RFI, o maestro coreano disse que interpretar a obra do compositor alemão é como escalar o monte Evereste da música. "É a obra musical mais conhecida do mundo, na minha opinião. Mas para nós, músicos, esse tipo de trabalho, a 5ª Sinfonia , a 9ª Sinfonia, é sempre um enorme desafio, que exige sempre muita dedicação", contou Chung. O maestro chamou a atenção para o fato que a 5ª Sinfonia provoca interpretações distintas nos músicos, dependendo das reações do público e do local de apresentação. 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.