Acessar o conteúdo principal
Latitude Musical

Vinte anos sem o poeta maldito Serge Gainsbourg

Áudio 35:57
A obra de Serge Gainsbourg está sendo descoberta pelas novas gerações.
A obra de Serge Gainsbourg está sendo descoberta pelas novas gerações. D.R
Por: Lúcia Fróes

Irreverente, provocador e insubmisso, Serge Gainsbourg foi acima de tudo um poeta e um músico de raro talento. Autor de Je T'aime... Moi Non Plus, ele colocou todos os estilos musicais à serviço de sua escritura refinada e de seu gosto pelo erotismo. Amante de musas como Brigitte Bardot e Jane Birkin, para as quais escreveu, Serge trabalhou igualmente com grandes artistas franceses e internacionais. Mas Gainsbarre, como ele ficou conhecido nos anos 80 por seu lado destrutivo, acabou precipitando a partida de Gainsbourg. Ele se foi no dia 2 de março de 1991, do quinto ataque cardíaco provocado pelo consumo excessivo de álcool e tabaco. Descoberto pelas novas gerações, suas músicas foram gravadas por, entre outros, Beck, Placebo e REM. Recentemente o grupo Black Eyed Peas anunciou que vai retomar seu álbum culto, A História de Melody Nelson. Dandy moderno, Serge Gainsbourg ainda não acabou de revelar todos os seus segredos.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.