Acessar o conteúdo principal
Cinema francês

Vencedores do César 2013, o Oscar francês, serão revelados esta noite

A atriz francesa Marion Cotillard foi indicada ao César pela sua atuação no filme "Ferrugem e Osso".
A atriz francesa Marion Cotillard foi indicada ao César pela sua atuação no filme "Ferrugem e Osso". REUTERS/Adrees Latif
Texto por: RFI
3 min

A mais importante premiação do cinema francês, o César, terá sua 38ª edição na noite desta sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013, em Paris. O favorito é "Camille Outra Vez", que concorre a 13 prêmios, entre eles melhor filme, melhor atriz e melhor direção.

Publicidade

Lucas Besse, colaboração especial para a RFI

Considerada pelos críticos e pelo público uma das melhores surpresas do cinema francês em 2012, a comédia dirigida e estrelada por Noémie Lvovsky conta a história de uma mulher de 40 anos que tem a oportunidade de voltar no tempo e reviver sua adolescência.

O longa tem estreia prevista no Brasil para o dia 10 de maio.

Seu principal concorrente é o franco-austríaco "Amor", que já ganhou a Palma de Ouro em Cannes, o Globo de Ouro de melhor filme estrangeiro e está na disputa pelo Oscar no próximo domingo com cinco indicações.

O longa concorre por sua vez a dez Césars, entre eles melhor filme, melhor ator para Jean-Louis Trintignant, o favorito na categoria, e melhor atriz para Emmanuelle Riva, que já levou o britânico Bafta e está na corrida pelo Oscar.

Outra francesa que disputa o Oscar e o César de melhor atriz é Marion Cotillard pela sua atuação em "Ferrugem e Osso", do diretor Jacques Audiard. Ela já ganhou os dois prêmios em 2008, depois de encarnar no cinema a cantora Edith Piaf.

Em "Ferrugem e Osso", adaptação do livro americano homônimo, Marion Cotillard interpreta uma mulher que perdeu as duas pernas em um acidente e mantém um romance com um boxeador. O longa concorre no total em nove categorias na premiação francesa, entre elas melhor filme e melhor direção.

"Les Adieux à la Reine", filme histórico de Benoît Jacquot que descreve os últimos dias de Maria Antonieta em Versalhes, é outro destaque da noite com dez indicações, incluindo melhor filme, melhor diretor e melhor atriz para Léa Seydoux.

O longa é baseado em um livro da historiadora francesa Chantal Thomas, publicado no Brasil com o título "O Adeus à Rainha".

O americano "Argo" de Ben Affleck, que já levou os mais importantes prêmios internacionais e concorre a sete Oscars, está indicado na categoria de melhor filme estrangeiro. Um prêmio especial será entregue ao ator americano Kevin Costner pelo conjunto da sua carreira.

O cinema francês passa por um ótimo momento depois de emplacar vários sucessos mundiais nos últimos anos, como o recordista de bilheteria "Intocáveis" e os premiados "O Artista" e "Piaf - Um Hino ao Amor". Mas a indústria cinematográfica da França também alimenta seu quinhão de polêmicas. A mais recente é sobre os salários exorbitantes pagos a atores que estrelam filmes financiados em parte por dinheiro público.

A cerimônia de entrega dos prêmios César será presidida este ano pelo ator Jamel Debbouze, um humorista filho de imigrantes marroquinos muito popular na França. O evento acontece nesta sexta-feira a partir das 17h, no horário de Brasília, no Teatro do Châtelet, que fica no centro da capital francesa.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.